Esporte

Técnico Pedro Manta deixa o Afogados e assume o Belo Jardim

O ano do Belo Jardim não começou nada bem. A equipe não venceu nenhum dos dez jogos no Campeonato Pernambucano e de quebra caiu para a segunda divisão. Agora o foco está ajustado para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

O Calango está no grupo A6 ao lado de Guarani-CE, Imperatriz e América-RN. O técnico Pedro Manta foi o primeiro reforço do clube. Ele comandou o time do Afogados que chegou até a fase de quartas de final do Campeonato Pernambucano e quer fazer mudanças no Belo Jardim.

– Estamos acertando muita coisa, fazendo uma montagem e conversando direto. Ainda é cedo para ver quais jogadores devem ficar, mas precisamos dar nossa cara. Esse momento é de analisar o grupo e depois vamos fazer mudanças.

O grande desafio de Manta é tentar fazer com que os jogadores superem o rebaixamento e ganhem ânimo para a Série D.

– É um grande desafio. Além da montagem, temos que motivar o grupo e se recuperar do rebaixamento. Não posso analisar passado, preciso pensar a partir de agora e temos que planejar bem. Estamos afinando qual o nosso objetivo dentro da competição com um grupo muito difícil.

Outro grande problema do Belo Jardim no Pernambucano foi o fato de poder jogar no Sesc Mendonção. A equipe disputou apenas o último jogo contra o Náutico, que culminou com o rebaixamento. Pedro Manta não abre mão de jogar a Série D na casa do Calango.

– É fundamental jogar em casa. A equipe tem identificação com o campo que joga e também com a cidade. Esse é um dos aspectos conversados com a diretoria, é preciso ter identidade. Mas pelo menos esse problema está solucionado.

Por Cauê Rodrigues

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *